Baiana de corpo e alma e paulistana por opção. Jornalista, corredora, mãe de dois, esposa, escritora e influenciadora digital. Ligada no 220v, mas amante da preguiça, do vinho, de uma boa cozinha e de Wi-Fi. Viajante de carteirinha: por terra ou por ar, correndo ou pedalando, com os filhos ou sem eles. Mulher, mãe e dona das próprias vontades.

6 Comentários

  1. Helena Sordili
    @

    Me deu um aperto no coração.. me coloquei no seu lugar e senti (um pouco) da sua dor.
    Hora de desacelerar, olhar nos olhos, respirar mais fundo.
    beijo amiga <3

    Reply

  2. Ana Amaral
    @

    Eu tb já quase esqueci MB no carro. Fui de casa p/ trabalho e simplesmente ignorei a parada mais importante da manhã: deixá-la na escola. Sorte que minha bolsa estava ao lado dela, no banco de trás. Foi um dos piores sentimentos que eu já tive. beijo beijo!!

    Reply

  3. Mudança de hábito - dicademae.com
    @

    […] crianças no carro é essencial e que estamos, sim, suscetíveis acontecimentos inesperados –veja o meu susto quando eu quase esqueci o Rafinha no carro […]

    Reply

  4. Viagem de carro com segurança - dicademae.com
    @

    […] corrermos o risco de esquecermos o bebê no carro! afff sai pra lá, eu já passei por isso –mais um texto aqui– e não desejo a […]

    Reply

Comente!