Baiana de corpo e alma e paulistana por opção. Jornalista, corredora, mãe de dois, esposa, escritora e influenciadora digital. Ligada no 220v, mas amante da preguiça, do vinho, de uma boa cozinha e de Wi-Fi. Viajante de carteirinha: por terra ou por ar, correndo ou pedalando, com os filhos ou sem eles. Mulher, mãe e dona das próprias vontades.

5 Comentários

  1. Jacqueline de Oliveira Sudário
    @

    Incrível essa experiência, não é mesmo? Eu, como você, também tive muito contato com a natureza durante minha infância. Hoje os tempos são outros… as crianças muitas vezes são privadas desses pequenos (e indispensáveis) prazeres da vida.
    Sou mineira e minha família sempre teve um pé na roça e tento proporcionar isso ao meu filho Pedro Nicholas, de 1 ano e meio.
    Todos os pais deveriam tentar aproximar os filhos com a natureza, afinal, crianças amam bichos, amam o mato, a vida simples.
    A alegria deles em um passeio como esse não tem preço. Parabéns!

    Reply

  2. Tess
    @

    Que lindoooo! Quase chorei, rsrs!!

    Esses momentos e descobertas realmente não tem preço!

    Como titia, fiquei muito orgulhosa de ver como Gabi se encantou com todo esse “mundo” novo e teve curiosidade e coragem para experimentar todas as novidades possíveis!!

    Amo vocês!

    Reply

  3. Rosana Morais
    @

    Moramos no interior do MS, mas numa cidade pequena de 5.500 habitante porém em torno e zona rural. Tenho uma sobrinha de 1,8 meses que mora na cidadezinha, mas seus avós paternos moram no sítio e ela vai pra lá uma vez por semana, e lógico ela adora ir pra lá e ver os bichos e andar pelo gramado. Quando ela vai ajuda a jogar milho para as galinhas, corre atrás dos leitões, imita as vacas, adora olhar as araras e papagaios que passam comendo frutas, ela já reconhece os animais só de olhar através de figuras: porcos, vacas, cavalos, “galo e galinha”, cabrito, cachorro, coelho, peixe, arara, papagaio etc. A vida do interior é muito saudável para as crianças.

    Reply

  4. Bia
    @

    Liiindo *-*
    Foi magico vivenciar isso tudo com ele
    Nosso pequeno tá crescendo rs
    (L)

    Reply

  5. Nádya Argôlo
    @

    Que bom filha nosso Gabi viver experiências tão fascimentes e que fazem parte de uma infância sadia e feliz!
    Foi lindo vê-lo brincar com o primo Gabriel, descobrir as frutas e bichos da fazenda e não ter medo de nada…gostar de tudo. Conviver com mais de 50 pessoas na fazenda, a maioria primos,e não estranhar nada, interagir com todos e entrar na farra!
    Todos ficaram muito felizes, a bisa Nadyr estava nas nuvens…
    Eu como vó de primeira viagem fiquei imensamente feliz de reunir toda a família nesse São João especial com direito até de comemorar os 3 anos de Gabi!
    Foi tudo muito lindo e espero repetir a dose no São João 2012!

    Reply

Comente!