Baiana de corpo e alma e paulistana por opção. Jornalista, corredora, mãe de dois, esposa, escritora e influenciadora digital. Ligada no 220v, mas amante da preguiça, do vinho, de uma boa cozinha e de Wi-Fi. Viajante de carteirinha: por terra ou por ar, correndo ou pedalando, com os filhos ou sem eles. Mulher, mãe e dona das próprias vontades.

2 Comentários

  1. nadya argôlo
    @

    Lindo filha… e vc faz Carminha chorar toda vez que lê!

    Reply

  2. vania vaz
    @

    sabias palavras de sua mãe preta,como vç msm a chama carinhosamente,existem momentos na nossa vida em que precisamos parar e pedir socorro.e ouvir um conselho de alguem mais velho é um otimo passo….

    Reply

Comente!