Precisamos aceitar que não somos super-heroínas

O problema é que, ao se tornar mãe, é comum dar um passo para trás: você volta a “pensar como criança” e a achar que é seu papel ser perfeita e resolver imediatamente todos os problemas dos seus filhos.

leia mais >>>