Baiana de corpo e alma e paulistana por opção. Jornalista, corredora, mãe de dois, esposa, escritora e influenciadora digital. Ligada no 220v, mas amante da preguiça, do vinho, de uma boa cozinha e de Wi-Fi. Viajante de carteirinha: por terra ou por ar, correndo ou pedalando, com os filhos ou sem eles. Mulher, mãe e dona das próprias vontades.

Um Comentário

  1. Nádya Argolo
    @

    Minha filha Tess se queixava de ‘dor na testa’. Levei para o pediatra que sugeriu que eu fizesse um exame de acuidade visual. Ela tinha 4 anos. Ok. Deu astiguimatismo. E seu grau foi progredindo… Foi fundamental ter acontecido tudo isso antes dela ser alfabetizada, porque aí não prejudicou seu rendimento escolar.

    Reply

Comente!