Baiana de corpo e alma e paulistana por opção. Jornalista, corredora, mãe de dois, esposa, escritora e influenciadora digital. Ligada no 220v, mas amante da preguiça, do vinho, de uma boa cozinha e de Wi-Fi. Viajante de carteirinha: por terra ou por ar, correndo ou pedalando, com os filhos ou sem eles. Mulher, mãe e dona das próprias vontades.

Um Comentário

  1. Marina Alvarenga
    @

    É isso mesmo. Normalmente, as crianças não festejam seus dois primeiros aniversários, mas são sacrificadas para atender aos desejos dos adultos.
    É muito bom vê-los se desenvolver e curtir, de acordo com seu entendimento.
    Com certeza, daqui para frente o Gabriel vai curtir cada vez mais.

    Reply

Comente!